“Bora, Queridão! Bora, Queridona!”

Certo dia, andando nos corredores de uma empresa, que foi nossa cliente de consultoria, um jovem líder me perguntou: 

Rodynele, qual estilo de liderança é mais importante?

O importante mesmo é a junção de estilos, mas vou te falar sobre um, pois acredito ser um dos principais, que é a LIDERANÇA MOTIVACIONAL. ― Respondi. 

Naquele dia, eu e aquele rapaz, que era bem mais novo do que eu, com fome de conhecimento e cheio de atitude, batemos um bom papo de aproximadamente 30 minutos.

Para te contar um pouco dessa história, como não peguei a autorização para citar o nome do rapaz aqui, de forma fictícia, vamos chamar o jovem de Marcos.

Então, depois da resposta inicial supracitada, o restante da conversa foi mais ou menos assim…

Marcos, você conhece Liderança Motivacional? Usa esse estilo? Se não, já pensou em seguir também esse modelo? ― Perguntei. 

Nem sei te dizer se conheço, pois talvez use de forma inconsciente. Mas, me fala mais um pouco sobre isso ― Respondeu ele.

No corredor tinha um sofá. Sentamos e continuamos a conversa…

“Bora, Queridão!” Olha só, para que uma empresa tenha sucesso e crescimento constante, é fundamental que ela desenvolva uma liderança motivacional, que incentive a equipe e sirva de exemplo em diversos aspectos ― alertei.

Um líder que tem como objetivo principal o engajamento da sua equipe alcança resultados de forma muito mais assertiva e expressiva.

Isso porque profissionais motivados produzem mais e realizam entregas com qualidade e agilidade.

Então, é bom adotar esse tipo de liderança, “né”? ― Marcos perguntou, meio que afirmando.

Com certeza, garoto! ― Afirmei.

Faz assim, pense em sua empresa como se fosse um avião prestes a decolar. O líder é responsável por tirar essa máquina potente do chão, mas quando a liderança é falha, mesmo com todo o mecanismo e técnicas necessárias, o avião simplesmente não voa.

Cara, você falando assim fica mais evidente que liderança e motivação caminham juntas. ― Marcos afirmou isso com um movimento de “soco para cima”, entusiasmado. 

Perfeito, Marcos! Perfeito! Vamos separar um pouco os conceitos liderança e motivação, só para entendermos ainda mais isso. ― Parabenizei e dei continuidade…

É necessário entendermos que, além de outros conceitos, como por exemplo, Gerar Resultados e Desenvolver novos Líderes, podemos também definir Liderança como a ação de guiar e orientar pessoas e grupos em prol de um mesmo objetivo.

E motivacional, por sua vez, tem relação com o despertar de interesses, de se sentir entusiasmado a realizar algo. É a soma das palavras MOTIVO + AÇÃO = MOTIVAÇÃO.

Falando em somar, quando unimos as palavras LIDERANÇA e MOTIVAÇÃO, formamos um estilo de gestão, que consiste em inspirar e engajar os profissionais de uma equipe a desempenharem seus trabalhos com energia e dedicação.

Sensacional! Como te falei antes, acredito até que já aplico isso na minha liderança. Mas, me conta como posso desenvolver mais esse estilo, por favor, Rodynele. ― Marcos pediu, ainda mais entusiasmado. 

Massa! Pelo o que percebo, aplica mesmo!  ― Confirmei, continuando…

Veja bem, muitas pessoas acreditam que ser líder é ter algum poder, independente da forma como ele é aplicado, sobre um grupo de pessoas. Afirmo aqui, agora, nesse sofá, que esse conceito é absolutamente equivocado!

Às vezes até, quando estamos a frente de um grupo, acreditamos que as pessoas precisam estar disponíveis para nós, mas, é completamente o oposto, pois, primeiramente, você como líder é que precisa estar disponível para as pessoas.

Aí, naturalmente as pessoas vão se engajando e ficando mais disponíveis! A DISPONIBILIDADE DOS OUTROS VOCÊ NÃO IMPÕE, VOCÊ CONQUISTA! 

Durante o nosso papo alguns outros colaboradores passavam e olhavam, acredito que perguntando-se que conversa era aquela tão boa, pois falávamos com muita empolgação. 

E continuei ― Quando um líder consegue motivar a sua equipe, outros benefícios são notados, como: 

Aumento da autoestima e da confiança dos colaboradores;

Maior senso de responsabilidade;

Otimização do tempo e das tarefas;

Melhora nos relacionamentos interpessoais e do clima organizacional, entre outros. 

Para se tornar um líder motivacional são necessárias algumas competências, como observação, comunicação, entre outras.

Me fala mais dessa observação. O que é exatamente? ― Marcos Pediu mais um vez. 

Eu também já mais empolgado, “mandei brasa”:

Olha só, o líder deve ter a capacidade de conhecer cada membro de sua equipe, e identificar todas as características e comportamentos predominantes, sejam eles bons ou ruins.

Esse reconhecimento é fundamental para designar atividades e atribuições de acordo com o perfil. 

Afinal, uma pessoa comunicativa, por exemplo, conduzirá melhor as apresentações do que uma mais analítica. Esta, por sua vez, costuma ser melhor com a elaboração de relatórios, métricas e apontamentos.

Outro fator importante para o trabalho do líder é a habilidade de fazer com que suas mensagens sejam transmitidas e recebidas de forma clara e direta, para que não haja ruídos e desentendimentos.

Mas, agora deixa eu citar especificamente mais alguns pontos que ajudam no desenvolvimento desse estilo:

  1. Ser um Líder atuante;
  2. Assumir Responsabilidades;
  3. Liderar pelo Exemplo;
  4. Pedir ajuda, se necessário;
  5. Desenvolver novos Líderes;
  6. Inteligência Emocional;
  7. E… 

Eu o Marcos continuamos a conversa sobre esses pontos que ajudam a desenvolver a Liderança Motivacional, mas em breve você, que está lendo esse artigo, vai saber sobre cada um desses pontos e muitos mais. Continue a leitura, pois o papo com o Marcos estava chegando ao fim… 

Marcos, nossa conversa está muito TOP, mas precisamos finalizar. ― Fui dando rumo final ao diálogo. 

Enfim, você pôde compreender que, para executar a liderança motivacional, é preciso o domínio de muitas habilidades, certo? ― Perguntei.

Compreendido demais! Muito obrigado pelas orientações! Vamos para a prática. ― Respondeu ele, já levantando do sofá…

Dei um abraço no Marcos e desejei sucesso nos negócios. 

Como já estava de saída, caminhei até o portão refletindo sobre como é importante trocarmos aprendizados. Como é fundamental pararmos para ouvir pessoas.

THE END! Rsrsrsrsrs… 

E você que está lendo esse artigo, gostou?

Quer saber sobre os pontos que citei para o Marcos de forma mais específica? Lembra que falei mais acima que você saberia mais sobre cada um dos pontos citados?

Clica no link abaixo e baixe o nosso e-book: AS 10 CARACTERÍSTICAS DE UM LÍDER DE ALTO IMPACTO.

É grátis! Baixe agora: http://eepurl.com/g0f9YT

E você pode acompanhar e adquirir mais aprendizados através do:

Nosso grupo no Telegram – Gestores de Alto Impacto: https://t.me/icdtoficial

Nosso perfil no Instagram: https://www.instagram.com/icdtoficial/

Nosso site: https://institutoicdt.com.br/

“Boraaaaaaa” Vamos Avançar!

Rodynele Mota
Sócio Proprietário do ICDT, Palestrante, Consultor e Coach.